segunda-feira, 27 de junho de 2016

O buscar de mim ( Carta à alguém que me fez bem)

Sabe,
Eu já não sei quem eu era antes de você
Perdida em você encontrei a mim

E nas sutilezas percebo
O quanto você me mudou
Desejar o seu
Me faz mas intensa 
E mais mulher

Sabe,
Meu batom vermelho
Já não tem a mesma cor
Depois do querer dos seus lábios
O meu corpo vive na inquietude
De repousar sobre o seu

Sabe,
Não creio que nosso encontro seja vão
Não foi o acaso que cruzou nossos caminhos 
E não é do destino separar assim
De machucar

Não sei quando eu deixei nutrir esse sentimento
Pelas suas gentilezas
Não sei quando seu abraço passou a caber tão bem no meu

Hoje dói a distância do seu passo
E tento descobrir onde foi que o melhor de mim não foi suficiente 

E o que me resta é o tempo
Na esperança de aclarear
O meu no seu
E fazer você buscar de mim




















Nenhum comentário:

Postar um comentário