quinta-feira, 5 de julho de 2012

Divã

Às minhas idéias absurdas
Dedicas suprema atenção
Aos meus devaneios intrépidos
Ouves com parcimônia
E quando penso que se esqueceu de mim
Aguardas, tão somente, eu lembrar de ti

Ana Carolina Alencar

Um comentário:

  1. Essa é uma homenagem a minha psicológa que tem me aturado por todos esses tempos. E que estava correta em sua previsão! "Quem sabe um dia você não escreva pra mim?" Acredito que este seja o momento mais oportuno para homenagea-lá ... Obrigada Débora por todo esse tempo de dedicação!

    ResponderExcluir