segunda-feira, 16 de maio de 2011

ANGÚSTIA

É um texto que mostrei para um professor do cursinho, e ele não gostou muito, não sei bem porque. O curioso é que já tentei mudar várias vezes, mas nada me agrada mais que sua forma original! E depois de tantos anos somente hoje pude modificar

Sou um anjo
Cujas asas foram laçadas ao mar
Sem elas não pude mais voar

Quando menina
Sonhava em ver minhas asas a ruflar
Mas foi justo elas
Que vieste arrancar

Por que os meus anseios vieste findar ?
Por que em teus olhos o desprezo pude enxergar?

Hoje choro, fico triste
Em um vespeiro fui me abrigar
E embora sinta angústia que causaste
Meu coração, a ti foi dedicar-se

Por que busco na mesma mão
Que tanta dor me causou
o amor para minha salvação ?

A vida esconde as respostas
Nos veste de perguntas
E nos cobre de desejos

Sim, sufocaste meus intentos
Mas deixaste a esperança
De em teus olhos minhas asas recriar

Antes queria ser a lua
Para teus olhos me admirar
Mas Deus me fez anjo
Então quis voar para em teus braços repousar

Mas que adianta ser anjo sem asas ?
E sem ter um ninho para me guardar?
Deveria ter sido sereia
Pra teus olhos cegar

Ana Carolina Alencar

Nenhum comentário:

Postar um comentário