sábado, 29 de janeiro de 2011

Velho Chico

Essa é uma das mais polêmicas poesias minhas, que tem um enigma que só quem me conhece bem pode descifrar, escondi por muito tempo, pela repercussão entre as minhas amigas, elas sabem do que eu estou falando!
Agora publico porque acho sagaz e não me importo mais com que pensam...
alguns ao ler vão falar: " Tanto mistério pra isso?" outros não vão entender mas quem de fato descifrar vai rir e achar bizzarro como eu posso esconder uma coisa tão óbvia!
Eu só digo é a arte da poesia! ( eu não vou evidenciar o que está escondido)

            VELHO CHICO

            Chico, Velho Chico
            A tua grandeza me fascina
            Indo longe, além do horizonte
            Onde o mar pode te encontrar

            Francisco, meu, Francisco
            Rio perene
            Além mar
            No sertão desse nordeste
            Suas águas vêm banhar
            Caminhando em tuas beiras
            Imagino onde vais chegar
            São, meu São Francisco
            Corre em mim uma tristeza
            O meu destino veio nos separar
Ana Carolina Alencar

4 comentários:

  1. É engraçado! Não sei porque resolvi colocar esse texto justo hj ... mas depois q coloquei falei cm uma de minhas amigas para qual eu li esse texto, e na conversa muitas lembranças se reavivaram...saudades !

    ResponderExcluir
  2. Escondeu bem hem queridam!

    Adoro essa poesi ;)

    Bjos da sua Mari

    ResponderExcluir
  3. Nossa não vou nem comentar a respeito.... rs lembrava do chico, velho chico ... mas n lembrava td a poesia...

    isso ve fez lembrar uma coisa...
    CELULAR E COCO hauhauhauahuahauahuaha
    nao combina com a poesia mas vc vai me entender rs

    bjus querida te adoro

    ResponderExcluir
  4. Pode parecer incrível , mas eu entendo perfeitamente!

    ResponderExcluir